Formandos Salesianos recebem ministério de Acolitado

Novos acólitos e o Padre Paulo Profilo, SDB

Na noite desta terça-feira, 16, data em que se rememorou os 207 anos do nascimento de Dom Bosco, os Formandos Salesianos: Bruno Richard Inácio, Lucas Andrade da Silva e Leandro Procópio Donizete receberam o ministério do acolitado, em missa na Paróquia São João Bosco, presidida por Dom José Benedito Cardoso, Bispo Auxiliar de São Paulo na Região Episcopal Lapa.

Estiveram entre os concelebrantes, os Padres Paulo Manoel de Souza Profilo, Diretor da Presença Salesiana na Lapa e responsável pela formação da Inspetoria e Cláudio Andrade Motta, Pároco.

LEIA TAMBÉM

Centro Inspetorial realiza missa em homenagem aos 207 anos de Dom Bosco

Eles que estão no segundo ano da formação para o sacerdócio e cursando teologia, como acólitos, são instituídos no serviço da mesa da Eucaristia, auxiliando o diácono e servindo o sacerdote e ministros extraordinários da comunhão.

Este ministério consiste, conforme seu Rito de Instituição número 41, que: “A sua atitude espiritual, como ministro instituído, aponta para a Eucaristia, para o amor dos sacramentos, para o culto eucarístico, para a oferenda de si mesmo e para o cuidado dos outros, sobretudo, os mais necessitados e doentes”

Além dos formandos da Inspetoria de São Paulo, também foram instituídos como acólitos: Antônio Josias Castilho Menezes (BMA), Leandro Francisco da Silva (BRE), Moacyr Gomes de Arruda Júnior, Giovani do Carmo Junior (BBH), Wellington Geraldo Guimarães (BBH) e João Marcos de Almeida Molina (BCG) . 

Testemunhas da Palavra

Em sua homilia, o Bispo Auxiliar de São Paulo rememorou a celebração pelos 207 anos de nascimento do Pai e Mestre da Juventude e agradeceu pelo trabalho desenvolvido pelos Salesianos na cidade, principalmente, na Região Episcopal Lapa.

“Hoje, fazendo memória de São João Bosco, lembramos de sua importância e riqueza na história da nossa igreja, sobretudo, ao carisma ligado à juventude. Que alegria termos tantos jovens sedentos para compreender um pouco mais daquilo que é necessário para servir Jesus e, deste modo, servir a Igreja por meio do testemunho de São João Bosco e daquilo que os Salesianos têm para oferecer, especialmente aqui em São Paulo, na Região Episcopal Lapa”, afirmou.

O Prelado continuou explicando que, os ministérios de Leitor e Acólito foram alterados pelo Papa Francisco e, hoje, podem ser instituídos também aos leigos.

Tais ministérios são, de acordo com Dom Benedito, uma forma de testemunho do Evangelho a todos, sem distinção. Ele encerrou seu sermão manifestando o desejo de que os novos acólitos “possam anunciar com fidelidade a Palavra de Deus na qual estão sendo instituídos”, concluiu.

MEMÓRIA AO MESTRE

Ao fim da missa, a comunidade paroquial realizou um momento de homenagem a Dom Bosco.

Texto: Jenniffer Silva – Comunicação Social ISSP
Fotos: Arquivo Paroquial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.