Centro Juvenil Dom Bosco reflete sobre comunicação efetiva e não violenta em encontro sociofamiliar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O Centro Juvenil Dom Bosco, na Lapa, realizou o Encontro Sociofamiliar do mês de novembro, com a presença das famílias do Centro de Formação Profissional (CEDESP). 

O assunto central da reunião foi a comunicação. Este tema começou a ser discutido na Obra Social durante o encontro realizado em setembro, em que, para fortalecer os vínculos familiares, os participantes do encontro foram desafiados a se reunirem e conversarem por ao menos cinco minutos, duas vezes na semana, sobre acontecimentos do dia, lembranças e situações que precisassem ser resolvidas.

Para isto, o grupo contou com orientações que mostraram como a comunicação efetiva e não violenta pode facilitar uma boa convivência. 

LEIA TAMBÉM

ADMA São Paulo elege novo Conselho Inspetorial

Na última conferência, as famílias relataram sobre a experiência. 

Em outra etapa, aconteceu a dinâmica “A mensagem”. O exercício mostrou uma forma de comunicação onde o diálogo ocorre não somente por uma, mas por duas ou mais pessoas e todos têm o direito de se expressar e o dever da escuta. A proposta realça como as situações são conduzidas e interiorizadas no seio familiar.

Na conclusão desse momento, foi apresentado aos participantes uma árvore genealógica, produzida por um educando e duas colaboradoras do Centro Juvenil. 

Por fim, os educadores dialogaram com os responsáveis sobre o desenvolvimento dos atendidos nas atividades propostas ao longo do semestre.

Texto e Fotos: Centro Juvenil Dom Bosco

Receba notificações sobre as mais recentes notícias da Inspetoria Salesiana de São Paulo. Inscreva-se!