Indulgência para o Bicentenário de Dom Bosco

O Reitor-Mor solicitou à Penitenciaria Apostólica da Santa Sé que considerasse o ano do bicentenário do nascimento de Dom Bosco, de 16 de agosto de 2014 a 16 de agosto de 2015, como um ano jubilar, o qual está ligado à indulgência plenária em situações particulares. Segue um trecho desse decreto:

A Penitenciaria Apostólica, por um especialíssimo mandato do Santo Padre Francisco, concede generosamente o Ano Jubilar com adjacente Indulgência Plenária que, nas condições habituais (confissão sacramental, comunhão eucarística e oração segundo as intenções do Sumo Pontífice) pode ser obtida pelos membros da Família Salesiana e por todos os fiéis cristãos que tenham um coração contrito e sejam motivados pela caridade, que podem também aplicá-la como sufrágio para as almas dos fiéis defuntos que se encontram no Purgatório, se participarem devotamente de alguma função sagrada celebrada em honra de São. João Bosco, ou que, diante de uma relíquia ou imagem sagrada do santo, sustentarem por um tempo razoável em devotas considerações, concluindo-as com a Oração do Senhor, o Credo de Fé, e invocações à Virgem Maria e São João Bosco:

I. Nos dias 31 de janeiro de 2015, na festa de São João Bosco, e 16 de agosto de 2015, no mesmo dia do bicentenário;

II. Sempre que um grupo participar de uma peregrinação à sagrada:

a) ao consagrado ao Templo de Deus, existente em homenagem a São João Bosco em Castelnuovo Dom Bosco, o “Colle Don Bosco” (que está localizado na cidade natal do santo);

b) ao templo dedicado à Virgem Maria Auxiliadora, em Turim: Santuário, construído na Basílica Menor em 1911, cuja construção foi acompanhada por São João Bosco, ali estão preservados seus restos sagrados, e representa o centro espiritual de todo o Instituto Salesiano.

Os cristãos piedosos, impedidos por doença grave ou de velhice, também poderão obter a Indulgência plenária, se abominarem intimamente todo pecado e tiverem a intenção de cumprir, assim que possível, as três condições habituais, louvavelmente diante de alguma imagem de São João Bosco, se unirão espiritualmente às celebrações ou visitas jubilares, em suas próprias casas ou no local em que se encontram impedidos,  recitando as orações mencionadas acima e oferecendo seus sofrimentos e dificuldades.

ANS – Roma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.