UNISAL recebe Daniel Munduruku, ativista indígena, nesta quarta-feira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Palestra transmitida no canal da Extensão UNISAL no YouTube busca discutir a formação da sociedade brasileira a partir da perspectiva do colonizado

Nesta quarta-feira, 15, às 19h, o Centro Universitário Salesianos de São Paulo – UNISAL realiza mais uma edição on-line do Ciclo de Debates do Núcleo de Educação das Relações Étnico-Raciais. Com o tema “Vozes ancestrais: para além de uma história única”, o Núcleo recebe Daniel Munduruku, filósofo, escritor, ativista indígena e ex-aluno do UNISAL; Ivani Rocha, mestranda em Educação com ênfase em diversidade e cultura dos povos indígenas. 

O Professor e Doutor Francisco Evangelista, docente do Mestrado UNISAL, e coordenador do Núcleo, será o mediador.  

A Palestra será transmitida no canal da Extensão UNISAL, no YouTube, gratuitamente, sem necessidade de inscrição prévia. 

Segundo o professor Doutor Francisco Evangelista, a presença do indígena Daniel Munduruku, é uma oportunidade de ouvir a história da formação do povo brasileiro sob uma outra perspectiva, que não a colonizadora.

“A proposta do evento está em seu título “Vozes ancestrais: para além de uma história única”, e diz exatamente o que buscamos, discutir a formação da sociedade brasileira a partir da perspectiva do colonizado”, afirmou Professor Francisco.

O Ciclo de Debates é realizado pelo UNISAL, Unidade Americana, ao longo do ano letivo, priorizando temas e convidados que possam contribuir de maneira efetiva no desenvolvimento de alunos e demais participantes. 

Sobre o Núcleo de Educação das Relações Étnico-Raciais do UNISAL

O Núcleo tem como objetivo geral promover o estudo – fundado nas dimensões histórica, social e antropológica oriundas da realidade brasileira – das relações étnico-raciais, do reconhecimento e valorização do patrimônio histórico-cultural afro-brasileiro e indígena e da diversidade da nação, em prol do combate ao racismo e à discriminação que atingem a sociedade, particularmente, afrodescendente e indígena. 

Com isso, educar para a formação de atitudes, posturas e valores que conscientizem e eduquem os cidadãos ao seu pertencimento étnico-racial, para a interação e construção de uma sociedade democrática, comprometida com a igualdade, com a garantia de direitos e com a valorização da identidade de todos.

Sobre o UNISAL 

O Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL– está presente na área educacional desde 1952, e há mais de 20 anos com a marca UNISAL. Com foco no protagonismo do aluno, o UNISAL oferece cursos de Graduação (Presencial, Híbrido e EaD), Pós-graduação (Presencial e EaD) e Cursos Livres. Os alunos contam com Unidades nas cidades de Americana, Campinas, Lorena, Piracicaba e além de atender como Polos de Apoio Presencial do UNISAL EAD nessas cidades, tem polos em: Cruzeiro,  Pindamonhangaba e São Paulo nos bairros de Bom Retiro, Jd. Nordeste, Santa Teresinha e Itaquera. A Instituição integra as 93 Instituições Universitárias Salesianas (IUS) presentes em 21 países na América, Europa, Ásia, África e Oceania.

Artigos Relacionados

Receba notificações sobre as mais recentes notícias da Inspetoria Salesiana de São Paulo. Inscreva-se!