A Obra Social Santa Clara é uma casa que acolhe, ambiente que evangeliza, escola que abre caminhos para a vida, espaço que favorece a convivência alegre de amigos.

Estabelecida em 1987, a Obra Social Santa Clara atende diariamente crianças e adolescentes de Campos do Jordão. Todos participam de atividades formativas e recreativas, prevalecendo o espírito de alegria e união tipicamente salesiano.


BREVE HISTÓRICO DA ENTIDADE

Estabelecida em 1987 no município de Campos do Jordão, estado de São Paulo, a Obra Social Santa Clara é uma das estruturas da Rede Salesiana Brasil do Polo São Paulo e responde à Inspetoria Salesiana de São Paulo.

De 1987 a 2000, desenvolveu atividades lúdicas, artesanal e de lazer semanal, realizou programação de férias de janeiro e julho, atendendo mais de 10 mil crianças e adolescentes, com apoio de Seminaristas Salesianos.

A partir de 1992 a 2000 , ofereceu cursos de qualificação profissional nas áreas de Construção Civil, Confecção e Alimentação. Em parceria com o SENAI, Sinduscon (Sindicato da Construção Civil), Abravest (Associação Brasileira do Vestuário) e Sindicato da Panificação, em 8 anos foram capacitados cerca de 8 mil adolescentes, jovens e adultos do município de Campos do Jordão-SP. Desde o ano de 2000 iniciou parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Campos do Jordão, através da Escola Integral, atendendo crianças e adolescentes de 06 a 14 anos.

De 2006 a 2009 a instituição participou da Rede Social de Campos do Jordão (fomentada pelo SENAC em 4 anos). Em 4 anos (de 2006 a 2009), acolheu o projeto de musicalização do Festival de Inverno, que desenvolveu trabalhos com mais de 100 crianças e adolescentes atendidas pela instituição e demais instituições da cidade.

A partir de 2007, iniciou parceria com Ong Passatempo nas Férias , através de atividades educativas desenvolvidas nas Férias de janeiro e julho, atendendo crianças e adolescentes da Obra Social Santa Clara e outras de regiões diferentes da cidade. Desde 2009 , realiza a Corrida de Rua de Dom Bosco, envolvendo a Rede Municipal de Educação, atingindo desde então, mais de 3000 mil crianças, adolescentes e jovens.

Em 2015, realizou o “1º Seminário de Educação Salesiana” em parceria com a UNISAL e com o apoio a Rede Salesiana Brasil, atingindo um público de mais de 2 mil Professores em 3 dias.

Também nesse mesmo ano de 2015, realizou se a 1ª Caravana da Cidadania, envolvendo todas as secretarias municipais; atingindo um público de mais de 800 pessoas.

De 1990 a 2017, foram realizadas Festas Juninas abertas a comunidade, com público de mais de 20 mil pessoas De 2018 a 2019 realizou parceria com Auditório Claudio Santoro e Museu Felícia Leirner, através de formação e atividades culturais.

De 1989 até 2019, em parceria com a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, atendeu mais de 200 adolescentes do Projeto Renovar, através de medidas socioeducativas.

A instituição atua em sintonia com o Sistema de garantia de direitos: Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente e no Conselho Municipal de Assistência Social. Participa de Conferências Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente e de Conferências Municipais de Assistência Social do Município Atua em rede em parceria com a saúde, educação e Assistência Social.


PRINCÍPIOS E VALORES

Respeito à diversidade de ideias, crenças e pessoas;

·Valorização do trabalho de todos os que se empenham para atender pessoas em situação de vulnerabilidade;

·Ética na orientação de todas as suas atividades e relação com beneficiários, apoiadores e parceiros;

·Atuação pautada na fraternidade e solidariedade;

·Empenho pelo bem comum, pela vida e pela dignidade humana;

·Ação pautada no sistema preventivo de Dom Bosco através do tripé: “razão, religião e amorevolezza”


MISSÃO

Promover e educar crianças e adolescentes, jovens e famílias, visando o exercício da cidadania e proporcionando a formação humana, religiosa, ética e social.


VOCAÇÃO

Somos educadores de jovens, detentores de uma tradição secular e profética, construída em ambientes educativos, qualificados e com equipes comprometidas, num processo constante de formação, atuando com uma pedagogia própria que estimula o protagonismo juvenil e interagindo com as forças vivas da sociedade.


FOCO

Promoção Humana integral e compromisso Cristão.

ATUAÇÃO: SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS - (SCFV) – Proteção Social Básica / assessoramento e garantia de direitos.

OBJETIVO GERAL: Autonomia e Protagonismo da Criança e do adolescente, nas dimensões: intelectual, social, cultural, religiosa e política.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Proteção Social Básica:

Complementar as ações da família e comunidade na proteção e desenvolvimento de crianças e adolescentes e no fortalecimento dos vínculos familiares e sociais;

• Assegurar espaços de referência para o convívio grupal, comunitário e social e o desenvolvimento de relações de afetividade, solidariedade e respeito mútuo;

• Possibilitar a ampliação do universo informacional, artístico e cultural das crianças e adolescentes, bem como estimular o desenvolvimento de potencialidades, habilidades, talentos e propiciar sua formação cidadã;

• Estimular a participação na vida pública do território e desenvolver competências para a compreensão crítica da realidade social e do mundo contemporâneo;

• Contribuir para a inserção, reinserção e permanência no sistema educacional. PÚBLICO ALVO:

Prioridade à Crianças e adolescentes, provindos de famílias em vulnerabilidade de risco pessoal e social; Crianças e adolescentes de 06 a 14 anos, de ambos os sexos, que frequentam uma escola formal do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.


CAPACIDADE:

Atender até 300 crianças e adolescentes .


HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:


Período da manhã:

7h30 -8h00 - acolhida e café da manha

8h00 - 8h50 – 1ª atividade

8h50 - 9h40 - 2ª atividade

13h50 – 14h40 - 2ª atividade

9h40 – 10h00- intervalo – lanche

10h00 – 10h50- 3ª atividade

10h50 – 11h40- 4ª atividade

11h40 – 12h10 – almoço


período da Tarde:

12h30 – 13h00 - acolhida e almoço

13h00 – 13h50 - 1ª atividade

13h50 – 14h40 - 2ª atividade

14h40 – 15h00 - intervalo – lanche

15h00 – 15h50 - 3ª atividade

15h50 – 16h40 - 4ª atividade

16h40 – 17h00 – saída



ATIVIDADES DESENVOLVIDAS:
ATIVIDADE/AÇÃO DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE/AÇÃO cada de 50 min por semana META
ACOMPANHAMENTO ESCOLAR: matemática/ Literatura/ texto/reforço escolar O acompanhamento do desempenho escolar, é realizado através de estudo monitorado e demais vínculos com as escolas que cada criança e adolescente, de 1ºano ao 9ºano do Ensino Fundamental, freqüentam;Os trabalhos são conjuntos entre escola formal e o Provim/ escola integral. Todas as crianças e adolescentes atendidos no Programa participam do estudo monitorado 50 min. por dia Ao final do ano ter acompanhado 90% das crianças e adolescentes atendidas nas atividades de acompanhamento escolar .
CULTURAIS: teatro/ dança/balé / jazz iniciação musical/ jogos pedagógicos, artesanato / artes visuais / desenho e outros, são desenvolvidas com base aos objetivos do Parâmetros Curriculares Nacionais, e outros subsídios utilizados pelos educadores com ênfase ao objetivo: “conhecer e valorizar a pluralidade do patrimônio sociocultural brasileiro, bem como aspectos socioculturais de outros povos e nações, posicionando-se contra qualquer discriminação baseada em diferenças culturais, de classe social, de crenças, de sexo, de etnia ou outras características individuais e sociais”. Cada criança participa de cada atividade 50 min por semana Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atendidas nas atividades culturais.
Esportes: futebol/ vôlei/atletismo/ jogos interativos/ dinâmicas, além de torneios e outros. Segue os princípios do Parâmetro Curricular Nacional,e outros subsídios utilizados pelos educadores através do objetivo: “Conhecer e cuidar do próprio corpo, valorizando e adotando hábitos saudáveis como um dos aspectos básicos da qualidade de vida e agindo com responsabilidade em relação à sua saúde e à saúde coletiva”. Valorizar a inclusão e a socialização; Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atendidas nas atividades de esporte.
Lazer: recreação/ passeios/ gincanas/ campeonatos e outros. É pautado pelo objetivo do Parâmetro curricular Nacional e outros subsídios utilizados pelos educadores: “desenvolver o conhecimento ajustado de si mesmo e o sentimento de confiança em suas capacidades afetiva, física, cognitiva, ética, estética, de inter-relação pessoal e de inserção social, para agir com perseverança na busca de conhecimento e no exercício da cidadania”. Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atendidas nas atividades de lazer.
Empreendedorismo: Favorece ao educando pensar em um Projeto de Vida, focando a escolha e ou aptdão de profissão; Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atendidas nas atividades de empreendedorismo.
Inclusão Digital: permeado pelas práticas pedagógicas que devem ser incorporada pela tecnologia, através de programas atualizados e outros... Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes nas atividades de inclusão digital.
Meio ambiente: A principal função do trabalho com o tema Meio Ambiente é contribuir para a formação de cidadãos conscientes, aptos a decidir e atuar na realidade socioambiental de um modo comprometido com a vida, com o bem-estar e qualidade de vida de cada um e da sociedade. Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atendidas nas atividades de meio ambiente.
Italiano: Com o objetivo de favorecer aos atendidos uma língua estrangeira, o Consulado Italiano e a Prefeitura Municipal de Campos do Jordão favorecem oportunidades para todos os atendidos em 2 vezes por semana. Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atividade de italiano.
Formação Humana compreende pela “Dignidade da pessoa humana, igualdade de direitos, participação e co-responsabilidade pela vida social”. A formação se dá através de reflexões(bom dia e boa tarde), palestras, encontros e dinâmicas procura desenvolver temas transversais; o objetivo é favorecer a resiliência /autoestima Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das crianças e adolescentes atendidas na atividade de formação humana.
Reuniões sociais/visitas sociais/acompanhamentos Pretende-se realizar: pesquisa exploratória e social, com objetivo de conhecer a população atendida, e entrevistas / orientações / acompanhamentos / encaminhamentos para rede socioassistencial do município / visitas domiciliares / reuniões com os pais e ou responsáveis . Será utilizada dinâmicas e outros... Ao final do ano ter atingido os objetivos com 90% das famílias dos atendidos no SCFV
[iframely] https://www.youtube.com/watch?v=5rZvPDVCJ9U[/iframely]

Diretoria e Conselho

Obra Social São João Bosco

NÚCLEOS: CENTRO, VIDA NOVA E VILA TAUBATÉ
Utilidade Pública Estadual Decreto no. 52.066/07, de D.O.E. 16/08/2007.
Utilidade Pública Municipal. Lei no. 3.514, de 13/10/66, alterada pela Lei 12.015/04, D.O.M. de 30/06/2004.
CEBAS/ MEC DEFERIDO pela Portaria do D.O.U. n.o 159, de 29 de Março de 2019, em processo de Renovação.
CEAS 409/1942 • Inscrições dos Serviços Socioassistenciais no CMAS sob n.os 158 S a 162 S • Registro CMDCA no. 6

DIRETORIA

Conselho de Administração (2018-2022)

Padre Narciso Ferreira

Presidente do Conselho de Administração


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2018 a 01/05/2022

Padre Marcos Sérgio da Silva

Conselheiro Eleito pelos Associados


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2018 a 01/05/2022

Padre Roque Luiz Sibioni

Conselheiro Eleito pelo Conselho de Administração


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2018 a 01/05/2022

Padre Vinícius Ricardo de Paula

Conselheiro Eleito pelos Empregados


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2018 a 01/05/2022

Conselho de Administração (2020-2024):

Padre Ademar Pereira de Souza

Conselheiro Eleito pelos Associados


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2020 a 01/05/2024

Padre José Adílson Morgado

Conselheiro Eleito pelo Conselho de Administração


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2020 a 01/05/2024

Padre Aramis Francisco Biaggi

Conselheiro Eleito pelo Conselho de Administração


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2020 a 01/05/2024

Padre Luís Otávio Botasso

Conselheiro Eleito pelo Conselho de Administração


Salário: não remunerado conforme Estatuto
Período: 02/05/2020 a 01/05/2024

Conselho Fiscal da Organização Social: